Lua

De onde estou, posso ver a lua brilhando e nela posso ver seus olhos, seu sorriso lindo pelo qual me apaixonei. Mas também posso ver nuvens cobrindo-a, ofuscando-a, apagando-a, fazendo-a parecer que está indo embora. Mas não quero que vá! Quero que fique! Fique sempre onde eu possa vê-la! Onde eu possa adimirá-la, contemplar seu brilho! Brilho esse que se parece com o dos meus olhos quando lhe vêem.

Sobre o autor

Estudante de adm, Apaixonado por T.I. Fã de Carlos Drummond de Andrade. Escrevo oq sinto, e somente se sinto algo tão forte