Mulher (Adaptação)

07 mar 2018NandoAlvez 119

Perto dela me calo
Tudo penso, nada falo
Já não durmo, já não sonho
Ela, tomou a minha paz
Mulher mais que perfeita, esplendor.
Veneno, que vivo para doer sem sentir.
Cura, que bebo para crescer e amadurecer
Mulher, que me tens na mãos
Neste breve instante em que me permite recuperar o fôlego...
...tenha pena de mim.

Sobre o autor

@nandoalvez