O segredo dos seus olhos

Poucas palavras e um olhar profundo,
Mas para quê palavras? Quando com o olhar pode se dizer tudo
Esse olhar pode declamar poema, pode entoar canção,
Pode explicar as mais complexas equações da vida
Relatar com os mínimos detalhes os máximos mistérios do coração

Esse olhar calmo, tão silente e infinito
Capaz de curar uma ansiedade, capaz de acalmar um aflito
Aconchega, acomoda e conforta perfeitamente
Pacifica o corpo, aquieta a alma
Traz de volta a confiança e te encoraja ir em frente

A vida segue rotineira em seu curso natural
Mas esse olhar pode mudar tudo, te desviar da rota original
Pode prospectar sentimentos, anseios, emoções
Te levando a lugares incríveis,
Fazendo explorar um mundo novo, com novas sensações

Uma fórmula química? Talvez, Por que não?
Uma ligação covalente, estabilizando os elétrons do coração
como uma catálise, ele acelera o desejo de se encontrar
esse olhar vai simplesmente provocando
Reações inesperadas, fazendo tudo que é bom aumentar


Coitado de mim, que esse olhar alcançou
Desarmou, tirou-me meu chão, me arrebatou
Nem quis lutar, rapidamente a ele me rendi
Sua intensidade é tão forte
Que minhas forças conflitaram entre si

Esperaria o tempo que for,
praticaria a paciência, suportaria o medo da dor
Só para ter esse olhar, olhando fixo e diretamente
Para o fundo dos meus olhos, gritando alto
Expressando, pelo menos um pouquinho, o que ele sente

E que nesse pouquinho, pudesse brotar um sentimento
E que de forma singela, mostrasse tudo o que ele é por dentro
Porque eu já estou entregue, sem forças, fui vencido
E do mais profundo do meu coração
Te pergunto, dona desse olhar,
Você aceita namorar comigo?


de Lincoln Ribeiro (apaixonado por esse olhar de Carolina Batista)

Sobre o autor